Anvisa determina a suspensão de 13 lotes de anticoncepcional

13 lotes do anticoncepcional Gynera são suspensos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. O recolhimento do medicamento das farmácias foi realizado voluntariamente pela própria fabricante, a Bayer, após resultados insatisfatórios.

O teste de estabilidade apontou que o contraceptivo oral oferecem um risco à saúde de classe 3, que representa um alto risco. Dois hormônios formam a composição do Gynera: estrogênio e progestógeno. As alterações no estudo de estabilidade foram identificadas nas últimas análises de controle de qualidade.

Embora as investigações sobre as alterações ocorridas estejam em andamento, a produção e distribuição foram suspensas temporariamente.