Saiba como proteger você e os equipamentos elétricos em períodos de chuva

Durante o período de chuvas nas regiões Sul e Sudeste, a incidência de ventos e raios (descargas atmosféricas) aumenta e consequentemente os riscos para pessoas e equipamentos elétricos se elevam. Segundo levantamento realizado pelo Grupo de Eletricidade Atmosférica (ELAT), do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) o Brasil é atingido anualmente, em média, por 77,8 milhões de raios. O verão é a estação do ano que registra o maior número de descargas atmosféricas e também de temporais.

Vinícius Motta, engenheiro de segurança da Energisa Sul-Sudeste dá algumas dicas para você proteger os equipamentos elétricos do seu imóvel. “Neste momento você deve retirar todos os equipamentos que estão ligados às tomadas, às fontes de energia, às redes de comunicação, como telefones, TV a cabos, desconectando destas ligações para que nenhum surto de tensão, provocado pelas descargas atmosféricas, venha a atingir seus equipamentos”, diz.

Outra dica importante é evitar utilizar equipamentos que estão ligados à fonte de energia. Motta traz alguns exemplos. “Falar ao telefone ou mesmo ao celular que está conectado para fazer uma recarga; - aliás nesta questão do celular que está sendo recarregado, em momento algum você deve utilizá-lo para ligação - tomar banho, nesse período de descargas atmosféricas; fazer uso da chapinha de cabelo e outros equipamentos elétricos devem ser evitados nesse momento de temporal”, reforça.

Quando chega a tempestade o ideal é buscar um abrigo protegido e o engenheiro faz um alerta sobre as áreas rurais. “Nas áreas rurais você acaba sendo o ponto mais alto, então deve-se evitar de estar neste local, procurar o abrigo mais próximo. Em uma situação extrema você deve se ajoelhar, juntar as mãos aos joelhos, abaixar o seu tronco e tentar reduzir a maior altura possível do seu corpo para que você não seja esse ponto mais alto”, orienta.

Outra medida importante é não tocar em fios caídos ou em objetos que estejam em contato com a rede elétrica, pois eles podem estar energizados. Acione imediatamente a Energisa Sul-Sudeste, pelo telefone 0800 70 10 326.