Tem início a Campanha de Vacinação contra a gripe

Campanha segue até 1 de junho. Dia D acontece no dia 12 de maio, quando todas as unidades estarão abertas para vacinação.

 

Teve início nesta segunda-feira à Campanha de Vacinação contra a gripe e ocorrerá até dia 1 de junho.

 

A meta para este ano é imunizar 90% dos grupos prioritários: Crianças de 6 meses a menores que 5 anos quatro anos, (11 meses e 29 dias), gestantes, puérperas (mulheres que estão no período de até 45 dias após o parto), idosos (a partir de 60 anos), profissionais da saúde, povos indígenas, pessoas privadas de liberdade e funcionários do sistema prisional, portadores de doenças crônicas e outras doenças que comprometam a imunidade, professores de escolas públicas ou privadas.

 

As 29 unidades básicas de saúde aplicarão as vacinas durante a semana. O dia "D" de vacinação contra Influenza acontecerá dia 12/05 em todas as unidades e com 5 postos volantes: Mercado Municipal, Praça Central, Rodoterminal Urbano (Rodoviária velha), Lago do Taboão e Praça do Mendonça, das 8h às 17h.

 

De acordo com recente levantamento da Organização Mundial da Saúde, a gripe mata mais de 650 mil pessoas todos os anos. Além de causar os sintomas clássicos (nariz entupido, febre alta, cansaço e dor no corpo), ela também está relacionada a pneumonia e infarto.

 

Para a confecção da vacina, os vírus utilizados são atualizados anualmente, e este ano, a vacina brasileira ganhou a nova forma do H3N2, que provocou epidemia grave nos Estados Unidos. Segundo dados do Ministério da Saúde, foram identificados 57 casos de H3N2 no Brasil entre 1.º de janeiro a 31 de março, dos quais 10 resultaram em mortes. No mesmo período do ano passado, foram identificados 158 casos, com 20 óbitos. No Estado de São Paulo, dos 51 casos graves de gripe em 2018, 18 eram de H3N2, e, das 11 mortes, três foram ligadas ao subtipo.